Uso Educacional

A utilização de impressoras 3D nas escolas e universidades tem por objetivo alterar a ultrapassada dinâmica vigente de ensino, onde os professores são reprodutores de conteúdos contidos em livros e os alunos apenas consomem tal conteúdo. Com o uso dessa tecnologia, os alunos criarão objetos que auxiliam no processo de aprendizagem, estimulando suas habilidades e ajudando na compreensão do conteúdo abordado. Aulas mais vivas e interessantes geram um aprendizado mais eficiente.
Segundo o arqueólogo Peter Campbel, as escolas deveriam se livrar de todos os livros e substitui-los por objetos. Isso faria com que os alunos passassem de “absorvedores de fatos” a “investigadores”. A impressão 3D torna isso possível.

Certamente o futuro das salas de aula é estarem cheias de impressoras 3D, criando um ambiente criativo e de estímulo à imaginação.

No ensino superior, a impressão 3D também é de extrema utilidade. Existem diversas aplicações na Medicina, Odontologia, Engenharia, Arquitetura, Design e muito mais. Um exemplo é na Universidade de Miami, onde os alunos de Antropologia e História Antiga utilizaram uma impressora 3D para recriar cenários do Egito Antigo, fazendo possível uma imersão na realidade da história, gerando reflexões riquíssimas sobre o tema. Legal né?

Exemplos de aplicações: